quinta-feira, 29 de agosto de 2013

É TEMPO DE CEIFAR

Nestes últimos dias temos pensado em como nos prover de recursos materiais, em como nos manter dentro de uma política de salários achatados, em um país que deveria ser o celeiro do mundo e, por conseguinte, beneficiar os seus trabalhadores com melhores salários, porém, o que vemos sempre é uma classe operária esperançosa por dias melhores (1Tm. 2:1-4) que cada vez mais pobre, luta por uma felicidade, mesmo que seja um bem estar, uma certa comodidade, a final, temos vivido tempos de prosperidade por sermos o povo de Deus!
Presunçosamente me coloquei em oração e perguntei: “Senhor, há anos tenho vivido com todas as minhas forças um evangelho de Reino... temos anunciado a tua palavra... temos alcançado vidas com o evangelho e elas têm se decidido por te servir... não buscamos glória em nada que fazemos... procuramos viver uma vida sóbria, justa e piedosa... com modéstia nos nossos recursos... então, por queo Senhor não tem nos abençoado financeiramente a ponto de nos dar uma vida confortável, visto que também somos fiel em tua casa e ofertante em tua obra? Só o que vemos são os líderes cada vez mais ricos e prósperos, as igrejas cada vez mais lotadas e os templos cada vez mais grandiosos e confortáveis!”.
Então, o que ouvi foi um silêncio!
Horas depois em meu quarto, meditava na Palavra em Tiago, e o Senhor começou a responder a minha pergunta, de uma maneira tão clara e forte que estremeci diante do que vi e ouvi! Ele me fez lembrar de um programa de TV que vem falando de uma celebração na Índia (em Varanasi).
Ele me disse: “Meu servo, olhe para a Índia. Neste momento há uma grande festa, uma celebração anual. São mais de 40 milhões de indianos que vem a um lugar para celebrarem o seu culto. Olhe para o rosto deles. Olhe para a sua aparência.O que você vê?”.
Então eu lhe respondi: Senhor, este povo adora deuses que na verdade são demônios; por causa disto, este povo é massacrado pela fome e pela miséria; chegam a ser feio de tanta pobreza, na verdade sua aparência é nojenta, sua expressão facial é de completa... Alegria!? Como pode ser isto Senhor? Senhor, como pode um povo que adora ídolos (demônios) ter tanta alegria em seus rostos?
Disse-me o Senhor: “Meu servo, este povo adora o que não conhece, mas eles o fazem de todo o seu coração, com todas as suas forças e com todo o seu entendimento. Este povo optou por viver uma vida de simplicidade e rejeição aos bens materiais. Os seu lideres sãos os mais pobres, por acreditarem que só o completo desprendimento material poderá levá-los ao estado perfeito de espiritualidade”.
“Veja este homem: (então ele me mostrou a imagem de um homem que há 20 anos anda, come e dorme com seu braço direito estendido para cima, porque ele acredita, que assim fazendo, seu estado espiritual ficará cada vez mais elevado!) e me perguntou: Você consegue ver este homem se convertendo ao meu reino, o que ele estaria disposto a fazer por mim?”.
“Você está triste porque não tem uma vida confortável? Você está desanimado porque seu salário não dá para comprar uma roupa nova? Você está reclamando que tudo o que você tem é herdado de outros irmãos que vem te abençoando?”.
Você está angustiado porque não tem te faltado nada? Você está desanimado porque em tudo eu tenho te suprido?
Você está murmurando e olhando para aquilo que tua vaidade quer? É por isto que você veio a minha presença?”
“Neste momento eu choro por homens que venham a minha presença, até sem ter o que comer ou vestir, e me peçam para eu sarar a terra! (2 Cro 7:14), pois sei que estes estão desprendidos para me adorar!”.
Naquele instante, voltei-me para a Palavra de Deus, no texto de Tiago 5:1-8, e comecei a chorar!
“Por isto muitos não tem a plenitude do meu Espírito Santo fluindo em suas vidas porque pedem mal” (Tg. 4:3).
Qual o tipo de vida ou liderança que estamos buscando viver? O que queremos alcançar com o evangelho da Graça?
Olhei para mim e de vergonha me calei! Mas o Senhor me disse: fale ao meu povo:
“Vejo muitos lideres com seus altos salários, e na mesma igreja, ovelhas gerando ovelhas, com recursos apertados, quase insuficientes para sustentar a si mesmos, quanto mais para fazerem algo para o meu reino, mas estão lá ceifando nos seus campos” .
Há quem pense que o texto de Tg. 5: 1-8 fora escrito para aliviar o sofrimento dos Cristãos em meio ao trabalho escravo de patrões ímpios. Olhe meu irmão, Deus não se deixa escarnecer, e a sua Palavra é fiel. Nossas igrejas têm se transformado em grandes empresas e gerando grandes lucros e isto é bom para o reino de Deus, porém muitos líderes, têm se transformado em homens gananciosos, amantes de si mesmos, julgando que a piedade é fonte de lucro.
O que eu tenho a dizer sobre isto é que o meu clamor contra estes homens tem sido levantado ao meu Pai que está no céu (vs. 4b) e Ele tem me respondido sobre o que irá fazer!
Querido líder, Pastor, Apóstolo, tenha consciência sobre o que é ter uma vida modesta (1Tm. 6:8). Não permita que em sua igreja tenha ovelhas que vivem em dificuldades financeiras enquanto a liderança gasta fábulas com vaidades humanas. Em Atos dos Apóstolos encontramos uma igreja com líderes segundo o coração de Deus, não tinham ouro nem prata (At. 3: 4-6), mas tinham poder de Deus para fazer coxo andar, paralíticos levantarem, cegos tornarem a ver e mortos ressuscitarem! Homens que conheciam a necessidade material de suas ovelhas e repartiam as ofertas da igreja segundo estas necessidades de cada um! (Is. 58:7; At. 2:45; 2 Cor. 16:1-3; Fl. 4:15-16). O clamor destes pequeninos subirá e o Senhor dos Exércitos responderá com seu justo juízo! Não se esqueça: É tempo de ceifar!
“... Os meus anjos ajuntarão no meu reino todos os que servem de tropeço e praticam a iniqüidade...” Mt. 13:41 (grifo nosso).
Postar um comentário