terça-feira, 3 de setembro de 2013

COMPANHEIRO OU COM-PÃO-EIRO?

COMPANHEIRO OU COM - PÃO - EIRO = aquele que come e reparte o pão com vc no caminho.

"Assim pois, se me tens por companheiro, recebe-o como a mim mesmo.
E, se te fez algum dano, ou te deve alguma coisa, lança-o minha conta". Filemon 17,18.

Linda carta de Paulo a Filemon, recomendando Onézimo, um grande "companheiro no caminho". De certo que Onézimo outrora não deva ter sido bom companheiro (vs 11) mas agora Paulo o recomenda porque este foi gerado (filho na fé) durante as suas prisões.
Esta carta carrega um grande significado sobre o que é ser companheiro. Primeiro que não é somente ser amigo, colega, conhecido ou algo que se assemelhe, mas é aquele que reparte o pão enquanto caminha conosco. No mundo físico são as obras, no mundo espiritual é a fé. Tenho por certo que o alimento físico não me faltará a ponto de padecer fome, mas sinto falta de companheiros no caminho da Graça, alguém que venha e me diga: Vim repartir o Pão da Vida com você! Não um pão feito de farinha e água, comido hipocritamente uma vez por mês por muitos, mas um que signifique muito mais do que simples elementos representativos da Graça e da nova aliança.
Paulo envia Onézimo, um escravo que não tinha pão, não tinha vinho, mas tinha um Pão verdadeiro, um alimento que poderia saciar a fome de Filemon: A Palavra gerada nele através dos ensinos de Paulo!
É triste vermos que muitas "Igrejas" do Senhor que ainda não são Pão vivo, e todas as semanas se  alimentam de Pão, mas não repartem o que recebem, não se tornam companheiros no caminho com ninguém. Ou porque não absorveram o Pão e por isto ninguém pode repartir o que não tem, ou porque se tornaram amantes de si mesmos e deixaram de ser amantes do Evangelho! 
Mas basta uma "palavra revelada" a cerca de si mesmos, ou o daquilo que Deus vai fazer em suas vidas e logo saem pelas casas anunciando um “evangelho do culto ao ventre”, de conceitos morais, éticos, cristãos, legalistas e até mesmo farisáicos.
Pão... Onde está o Pão? Obrigado Senhor porque não me tens negado o Pão nosso de cada dia, cotidiano, mas no caminho tens me sustentado com um Pão vivo que é a tua Palavra!
“-Fica Senhor mais um pouquinho, pois já é tarde", pediram os dois discípulos no caminho para Emaús e logo perceberam que se tratava do Mestre quando este lhes repartiu o pão.
Você tem pão? Reparta com o necessitado! Você tem Pão? Reparta com os famintos companheiros no caminho, aqueles que tem sede e fome de justiça! Nele que é o Pão vivo que desceu do Céu: Jesus Cristo o Senhor!

Roberto A. Sabino um ex-com-pão-heiro de muitos, amigo de publicanos e de pecadores.
Postar um comentário